Thursday, October 30, 2014

per le strade mano nella mano
i tuoi occhi che rinnovavano i miei
in quel paesaggio a me fin troppo familiare

scambiarsi un anello a ponte sisto
promettersi un eterno di poco piu' di un ora
per poterne sentire il bisogno, ancora e ancora






5 comments:

Anonymous said...

A imagem deixada pelas suas belissimas palavras é algo Estrelar.
Brava Chiara é maravilhoso ouvi-la , lê-la e vê-la actuando ou, simplesmente, disfrutando das coisas belas da Vida .

Teresa Andrade

Sónia Cardoso said...

"Pedes-me um momento
Agarras as palavras
Escondes-te no tempo
Porque o tempo tem asas
Levas a cidade
Solta me o cabelo
Perdes-te comigo
Porque o mundo é o momento" Pedro Abrunhosa

Momento, pequenos momentos de eternidade, belíssimo Chiara.

Teresa Andrade said...

Errata no post das 6:48 deve ler-se Desfrutar e não Disfrutar.

Teresa Andrade

Anonymous said...

ancora e ancora, il bisogno.

is that all?

Anonymous said...

O nosso grande erro é tentar encontrar em cada um em particular, as virtudes que ele não tem, negligenciando o cultivo daquelas que ele possui.

in As memórias de Adriano de M. Yourcenar